Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘casamento’ Category

No mês de março organizei o cerimonial do casamento da Bárbara e Fabiano em São Marcos/RS. Foi um dia muito especial, afinal conheço a noiva há  muito tempo.

Como é a tradição do blog, segue abaixo algumas histórias da organização e dos bastidores do casamento.

Antes do grande dia:

  • Bem casados: quando faltava duas semanas para o casamento a Bárbara comenta comigo que ainda não tinha fechado os bem casados, pois a fornecedora que estava contatando ainda não tinha dado a prova dos doces e nem o valor. Falei para ela que poderia falar com a minha fornecedora Cláudia Oliveira para ver o custo do produto dela sem a embalagem (já que a noiva já havia comprado as caixinhas). O preço da Cláudia foi mais acessível do que a outra fornecedora (que apenas informou o preço, mas não deu a prova), por isso encomendamos da Cláudia.
  • Montagem dos bem casados: como a Cláudia estava cheia de trabalho e pelo fato de pedirmos muito próximo ao casamento, ela não teria tempo de produzir os cartões e colocar os bem casados nas embalagens, então eu e a Bárbara fizemos um trabalho em equipe, ela produziu os cartões e eu finalizei colando os cartões e os doces na embalagem.
 O grande dia:
  • Checagem de serviços: Como é de costume, durante a manhã estava ligando para todos os fornecedores para checar os serviços contratados e estava tudo indo ótimo até que ao falar com um dos fornecedores o mesmo me comentou que infelizmente não poderia mais disponibilizar uma recepcionista, conforme havia sido combinado (iniciava os imprevistos, hehehehhe).
  • A busca pela recepcionista: liguei para todos os fornecedores contratados para verificar se conseguia alguém para trabalhar, mas todas as indicações estavam ocupadas, pois no mesmo dia havia um festival de música. Depois de várias tentativas o jeito foi colocar o meu ajudante (e noivo) Juliano para trabalhar na recepção com a lista de convidados para direcionar as mesas na recepção. No final deu tudo certo!!!
  • A mesa de doces: a tradição de arrumar a mesa de doces permanece! O fornecedor contratado para os doces apenas entregava o material e a decoradora estava agendada somente para entregar as bendejas e acessórios. Mas a fornecedora de decoração era uma grande parceira e junto comigo ajudou a arrumar a mesa (que ficou linda!).
  • Montagem da cerimônia: logo que terminei de acompanhar a montagem do salão da festa, fui para a igreja checar como estava a decoração e em seguida receber os padrinhos. Quando vi a passadeira utilizada para o cortejo logo peguei a minha super maleta com as fitas adesivas da 3m para fixar bem o tecido no chão, pois quando se pisava se escorregava. Já pensou um tombo das madrinhas ou da noiva?
  • Organização das fotos e serviço de buffet: para evitar as filas no buffet, a logística que preparamos para ter um excelente serviço foi de realizar os comprimentos no salão da recepção logo na chegada dos noivos. Sempre que as pessoas tiravam fotos, eram liberadas para o buffet. Para isso, passei de mesa em mesa para avisar. O bacana que várias pessoas acharam a logística ótima e elogiaram na hora! A ordem desse acontecimento foi:
    • Entrada dos noivos
    • Noivos foram até os pais e juntos iniciaram as fotos
    • Depois teve fotos com os padrinhos. Em seguida pais e padrinhos foram abrir o buffet
    • Em seguida, iniciamos as fotos com os convidados da mesa 1 até a 20.

Também vale destacar outras delicadezas que a noiva preparou para os convidados como:

  • Chuva de arroz: ela preparou esses saquinhos de organza com uma mensagem ao lado que foi uma graça!

Mensagem: "Diz a lenda que a chuva de arroz simboliza fertilidade, fartura e prosperidade aos noivos... Você está convidado a abençoar os noivos na saída da igreja".

  • Bolinhas de sabão: Para a hora da dança do casal (que escolheu a música The Time (Dirty Bit) do do Black Eyed Peas – o legal que para ficar lenta no início o DJ deixou tocar por 1 minuto a música original do tema do filme Darty Dancing) os padrinhos ficaram em volta com as bolinhas de sabão em forma de noivinhos e quando a música dos noivos começou a ficar agitada começou a festa e todos dançaram juntos.

Juliano, eu e o casal Fabiano e Bárbara

A Bárbara foi um amor e ainda deixou um cometário aqui no blog:

Querida!!! Obrigada, você foi essencial para o sucesso do nosso casamento. Recebi muitos elogios e devo todos eles a você. Estou encantada com o teu trabalho, todos os momentos aconteceram naturalmente porque você estava nos bastidores. Foi real e mágico. Beijos! Bábara e Fabiano

Como é bom trabalhar para tornar um dia especial em um momento mágico! Obrigada Bárbara e Fabiano pela confiança e carinho! Desejo a vocês muita felicidade e harmonia!

 

 

Read Full Post »

Em dezembro de 2010, a Fernanda Bugs e eu organizamos um lindo casamento na Sogipa (cerimônia e recepção no mesmo local) e um dos momentos que achei mais lindo foi a entrada da noiva, graças ao efeito do muro inglês que se movia (ideia e execução do Cristiano da Acontece). Durante a chegada dos convidados e inicio da cerimônia, o muro com os verdes estava lá quietinho, até a hora que a noiva entrou e ele se abriu causando um belíssimo efeito.

Como o salão escolhido para o casamento é todo envidraçado, inclusive a entrada, para não perder o efeito da entrada da noiva, tivemos que colocar voal no vidro e criamos o muro inglês. No entanto, a solução do problema veio a ajudar a dar mais impacto na decoração e cerimônia, afinal ninguém esperava a abertura do “portão”, foi lindo!!! Quando terminou a cerimônia e os noivos sairam com o cortejo, fechamos o muro inglês.

                

Como  cerimônia e a recepção era no mesmo local, a Fernanda e eu estávamos preocupadas de deixar ambientado para a cerimônia e depois dar o clima de festa, por isso pensamos em uma logística onde o pergolado da cerimônia se transformou na mesa dos noivos. Toda a desmontagem da cerimônia tinha que ser muito rápida, não queríamos mais de 10 minutos e conseguimos em 4 minutos transformar o local, conforme imagem abaixo, enquanto os noivos recebiam os cumprimentos dos pais e padrinhos.

Montagem da cerimônia

O segredo para a desmontagem rápida, foi deixar a mesa dos noivos montada e no meio do pergolado um painel branco com rodinhas e voal que serviu de fundo para a cerimônia e durante a recepção movemos para atrás da mesa dos noivos. Ninguém havia percebido que estava tudo pronto, pois também colocamos voal nas laterais que depois amarramos nas colunas deixando o espaço aberto para o jantar.

Uma história que vale a pena comentar aqui no blog (imprevistos que só bastidor sabe) é o fato de quase não haver casamento no dia. Acredito que até hoje os noivos não sabem do acontecimento, pois nós fizemos de tudo para não preocupá-los.

O que aconteceu é que o casamento civil seria celebrado pelo pastor que no dia do casamento exigiu que tivéssemos em mãos todos os dados dos padrinhos (nome completo, profissão, CPF, estado civil, n° certidão de nascimento e endereço). No entanto, no dia do casamento, muitos estavam na rua se arrumando e não sabiam todos os dados de cabeça ou estava difícil de contatar. Por isso, perguntamos para o pastor se poderíamos completar os dados na hora a caneta, mas ele não aceitou dizendo que se não conseguíssemos tudo do jeito que ele estava pedindo não haveria casamento…

A nossa sorte é que a Fernanda e eu não estávamos sozinhas, contávamos com a ajuda dos nossos assistentes Bruno e Juliano, pois se não fossem eles para correr atrás dessa lista não teríamos tempo para ver outros detalhes importantes.

Bom, mas no final o casamento teve um final feliz, pois conseguimos a lista e tudo ocorreu sem ninguém saber do conflito!!!

Confirma abaixo algumas fotos do evento.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ficha Técnica

Organização e cerimonial: Lidia Fraga e Fernanda Bugs

Muro inglês e pergolado: Acontece Eventos

Bolo: Jane Fraga

Fotógrafo: João Alves

Mesa de Doces: De Doces

Locação de material: Locare

Bem casados: Cláudia Oliveira

Sonorização, iluminação e projeção: Marksom

DJ: Anderson Amador

Read Full Post »

 

Acontecerá no dia 27/2, sábado, o evento Checklist Noivas que está na 80.ª edição.  O evento é gratuito e ocorrerá das 13h às 19h no Mercure Hotel Santo André (Av. Industrial, 885 – Jardins – Santo André – SP). Para mais informações visite o site http://www.checklistnoivas.com.br ou ligue (11) 3416-0231 ou (11) 7722-5733.

Haverá sorteios como o de uma noite de núpcias e desfiles de trajes.

Read Full Post »

Muito legal a matéria abaixo que saiu na Revista Festa Viva sobre cerimonialista. O texto é bem esclarecedor para as pessoas que ainda possuem dúvidas da importância dos nossos serviços.

 

Anjo da guarda

Contratar um bom cerimonialista – profissional que auxilia no planejamento do casamento – é a garantia de uma cerimônia perfeita e sem estresse.

Natália Mallman


Se você acabou de marcar
a data de seu casamento e já enfrenta noites sem dormir com medo de que algo saia errado, é melhor começar a pensar em uma ajudinha. Bancar a supermulher – aquela capaz de pensar em todos os detalhes, do vestido aos bem-casados – pode causar um estresse desnecessário. Uma noiva que se preze deve contratar um cerimonialista de qualidade para poder curtir realmente os preparativos. Ele será o seu braço direito. Bastar piscar os olhos – ou melhor, contratá-lo – que tudo sairá perfeito no grande dia. “O cerimonialista cuida de todo o planejamento do casamento de acordo com o perfil dos noivos. Ele indica os fornecedores que se encaixam no orçamento do casal”, explica *Emanuelle Missura, dona da empresa Casar é Fácil, especializada em cerimoniais de bodas. “Resumindo da melhor forma, o profissional é um anjo da guarda da noiva, pois absorve todas as preocupações que ela não precisa e nem deve ter”, conclui.

Marcelo Bruno e Ricardo Gomes

A decisão de contratar esse profissional precisa ser tomada o quanto antes. O ideal é procurá-lo com um ano e meio de antecedência ou assim que o casal marcar a data. Dessa forma, o cerimonialista pode participar de todo o processo de criação e elaboração, inclusive da escolha da melhor igreja e do salão de festas. O especialista precisa dar suporte durante os preparativos e estar disponível para esclarecer todas as dúvidas dos noivos. Por se tratar de uma peça tão fundamental, confiança e atenção são as suas palavras de ordem. “Além de comprometimento e agilidade, o cerimonialista precisa ser calmo, paciente e carinhoso com a noiva. Não é só uma festa, é um casamento!”, garante Emanuelle.

Tal escolha é uma questão de empatia. Ainda assim, o noivos não podem perder de vista que a festa é deles, ou seja, o cerimonialista está lá para ajudá-los e não para impor as suas vontades. Uma última dica é possuir uma comunicação de qualidade. “Se ele nunca retorna suas ligações ou não responde prontamente aos e-mails, ele não é uma boa escolha”, afirma Emanuelle. Além disso, ter boas referências, que podem ser através de outros profissionais ou mesmo de amigos que já se casaram, é fundamental. E não se esqueça de deixar tudo bem explicado e ter um contrato com todos os serviços que serão prestados O custo desse profissional varia entre R$ 3.000 e R$ 10.000, dependendo do tipo de celebração e da necessidade dos anfitriões.

“O custo da contratação varia entre R$ 3.000 e R$ 10.000,
dependendo do tipo de casamento e da necessidade do casal”

Marcelo Bruno e Ricardo Gomes

Antes, durante e depois
Uma vez que o profissional foi contratado, os preparativos já podem ser iniciados. Na lista das prioridades estão todos os fornecedores que precisam estar presentes no dia do casamento. Depois, aos poucos, em parceria, vocês podem decidir os detalhes dos doces, do bolo e assim por diante. Também é função do profissional auxiliar na decisão do melhor lugar para a realização da festa, na escolha do cardápio, na lista de convidados. “Como cada casal tem um estilo, fica difícil dizer quais serão as dúvidas que surgirão ao longo do processo. O mais importante é estar sempre disponível para esclarecê-las”, explica.

Já no grande dia, ele precisa estar presente para resolver qualquer tipo de imprevisto. A ideia é que os noivos não se preocupem com absolutamente nada e possam curtir a festa. Durante o evento, é o cerimonialista que coordena tudo – desde as fotos dos noivos com os pais e padrinhos até a hora certa de jogar o buquê. No final, quando todos já se foram, o trabalho do profissional ainda continua. Ele precisa conferir tudo o que restou e o que pertence à noiva.

 

“O custo da contratação varia entre R$ 3.000 e R$ 10.000,
dependendo do tipo de casamento e da necessidade do casal”

5 motivos para contratar um cerimonialista:
1. Com esse serviço, a noiva consegue curtir todos os momentos sem passar por estresses desnecessários. 

2. É esse profissional que vai cuidar de todo o planejamento do grande dia. Tudo de acordo com o perfil e o orçamento do casal.

3. Ele pode auxiliar da melhor forma na escolha do bufê, do salão, da lista de convidados, das atrações, etc.

4. É papel do especialista esclarecer todas as dúvidas dos noivos – que na maioria das vezes são muitas!

5. Durante a celebração, ele estará presente para resolver qualquer tipo de imprevisto.

 

Marcelo Bruno e Ricardo Gomes *Emanuelle Missura é cerimonialista e autora do blog Casar é Facil www.casarefacil.com.br

 

Fonte: Site Revista Festa Viva

Read Full Post »

Noiva Manuela, Cerimonialista Fernanda Bugs, noivo Raphael

No dia 30/10, às 20h30min, na Igreja Santa Terezinha do Menino Jesus a minha parceira de trabalho, Fernanda Bugs realizou o cerimonial no casamento de Manuela Zanini (Personal Trainer, 26 anos)  e Raphael Zanini (Gerente de Analista de Suporte, 27 anos).

Confira algumas fotos da igreja e da recepção.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ficha técnica do evento:

  • Igreja: Santa Terezinha do Menino Jesus (Padre Leandro);
  • Local da Festa: Salão de festas da Na Brasa;
  • Número de Convidados: 200;
  • Organização: Anna Quadros (minha amiga, organizadora de eventos e madrinha do casal);
  • Organização e Cerimonial no dia da festa: Relações Públicas, Fernanda Bugs (minha parceira de trabalho);
  • Vestido da Noiva: Estilista Carla Dewes;
  • Fotos: João Alves;
  • Bolo: Jane Bolos;
  • Decoração da Igreja: Amore Mio (Cores: Branco e Verde);
  • Decoração do Salão: Eliana Festas (Cores: Vermelho, Laranja, Verde e Branco);
  • Iluminação e Sonorização (DJ): Pró Som Eventos.

Read Full Post »

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos do casamento: João Alves e equipe

 No dia 9 de outubro ocorreu o casamento de Daiana e Daniel com cerimônia na Comunidade Evangélica Luterana Concórdia e recepção no Três Figueiras Tênis Clube, em Porto Alegre. Como os recém casados são gaúchos e moram no Rio de Janeiro, chegou um momento que a organização do evento ficou mais complicada devido a distância e muitos compromissos dos dois. Devido a essa situação a Daiana me pediu ajuda para verificar os preparativos e percebeu que precisavam de apoio de um profissional que morasse em Porto Alegre e, por isso, contratou o serviço de assessoria de casamento realizado por mim e pela Fernanda Bugs.

Foi um grande prazer trabalhar nesse evento, pois conhecia bem os noivos que trabalhavam no Senac-RS, em especial a amiga e  Relações Públicas Daiana por, na época, também ser da Assessoria de Marketing e realizar muitos eventos comigo.

A primeira reunião que tive sobre o casamento com a noiva foi para a degustação do cardápio no final de agosto. Achamos a comida muito saborosa, mas sentimos que precisava melhorar a apresentação, ainda mais que seria um serviço de empratado. Também não havíamos gostado da entrada e aceitamos a sugestão do buffet em alterar e fazer uma segunda prova, no entanto aquele dia seria a última vez que Daiana estaria em Porto Alegre antes do casamento e a degustação deveria ser feita apenas por nós (cerimonialistas).

Mesmo sabendo que a noiva confiava no nosso trabalho, queríamos que ela ficasse mais tranquila e que alguém próximo a ela participasse  desse momento. Como a família dela é de Santa Rosa, sugerimos convidar duas madrinhas de Porto Alegre que eu conhecia muito bem e que também tinham experiência em organização de eventos: Anna Quadros (colega do Senac – está aqui no blog no post Festa de Formatura) e Juliana Bersano (trabalhamos juntas na época em que ela era atendimento do Senac na Yes – também está aqui no blog no post Modelo de cerimonial para casamento – foi minha primeira noiva).

Para essa segunda prova do cardápio, Fernanda e eu, selecionamos imagens e enviamos ao buffet com um briefing de cada detalhe que queríamos que alterasse na apresentação dos pratos. O fornecedor conseguiu entender e apresentar os pratos como solicitamos, além de manter o sabor que já era muito bom. O resultado foi satisfatório, todas gostaram e aprovaram. Informamos a noiva sobre os resultados e enviamos fotos mostrando o antes e o depois.

Confira abaixo alguns momentos importante antes e durante o casamento que ocorreram após todas as contratações finalizadas e há dois dias do grande dia.

Antes do casamento:

  • Últimos detalhes: checagem das contratações e envio do roteiro da cerimônia e da recepção para os fornecedores.
  • Reunião com o pastor, noivos e cerimonialista um dia antes.
  • Reunião com o DJ: um dia antes, realizamos uma reunião dos noivos com o DJ Anderson Amador para confirmar o briefing e as músicas da festa e garantir um evento animado conforme o desejo deles.
  • Presente dos noivos: um dia antes enviamos aos noivos uma cesta que nós montamos para desejar felicidades no casamento.

Os preparativos no dia do casamento:

  • Ida para o salão: Iniciamos o trabalho às 8h quando busquei a Fernanda em casa e carregamos todo o nosso material. No caminho passamos  no hotel onde a família de Daiana estava hospedada para buscar os bem casados e lembrancinhas que foram preparadas pela mãe e tia da noiva.
  • Início (ou quase) da montagem do salão: quando chegamos no local, a equipe da Marksom já estava descarregando os equipamentos de sonorização e iluminação da festa e a Locare os materiais locados (sousplat e estofados) , logo em seguida chegaram as plantas locadas para decoração e o lindo bolo da Lis Fonseca. No entanto, estávamos um pouco amarradas, pois as mesas e cadeiras do salão só poderiam ser montadas após às 14h30min, já que o buffet servia almoço em um dos salões.
  • Agora sim, a montagem do salão: para termos mais emoção, às 15h os salões foram liberados e conseguimos iniciar a montagem das mesas e, consequentemente, de todo o salão. Faltava 4 horas para o início da cerimônia religiosa e para o salão estar todo pronto, no entanto, eu teria que estar na igreja às 18h para verificar últimos detalhes da igreja e aguardar todos para a cerimônia.
  • Imprevistos acontecem e aconteceram alguns: era aniversário do meu pai e fui almoçar com ele, enquanto a Fernanda estava no salão acompanhando os preparativos. Quando estava voltando a Fernanda me liga e começa a me solicitar luvas de silicones…
  • Imprevisto 1 – doces: os deliciosos e lindos doces foram preparados pela tia da noiva que entregou o material no início da tarde e solicitou apoio as meninas do buffet para fazer um acabamento. No entanto, a equipe do buffet não estava completa e não iam dar conta do trabalho, foi quando a Fernanda me ligou pedindo luvas de silicone para acabarmos os doces, pois ainda faltava muita coisa e nós tínhamos que montar a mesa de doces. Providenciei o material e colocamos a mão na massa ou melhor, nos doces.
  • Imprevisto 2 – as bebidas: a família dos noivos tiveram que comprara algumas bebidas que o buffet não oferecia e como deixaram na casa da família do noivo e todos estavam se preparando, pediram a nossa ajuda para buscar o material. Estávamos numa correria por causa do pouco tempo, mas lembramos que haveria um intervalo de tempo que o motorista contratado para ficar à disposição da noiva estaria “parado” e como os fornecedores que trabalhamos são parceiros, liguei para o Rogério e pedi que coletasse o material e entregasse no salão.
  • Imprevisto 3 – kits para banheiros:providenciamos os 2 kits com os materiais para o banheiro masculino e o feminino, mas eram 4 banheiros, ou seja, faltavam 2 kits… Fomos as compras dos materiais e passamos na minha casa atrás de vidros que ficassem bonitos (ainda bem que faço “coleção”). 
  • Imprevisto 4 – O vestido: para ajudar, o vestido que eu iria usar rasgou e tive que providenciar outro e, com a ajuda da minha irmã e do meu “noivorido”, peguei outro e enviamos para a lavanderia.
  • 1 hora antes da cerimônia (18h): eu ainda estava no salão ajudando a Fernanda a acabar, ainda faltava repassar o roteiro com a sonorização e iluminação, últimos testes, fazer a última limpeza do salão, montar a mesa de café e nos arrumarmos. Sem terminarmos tudo, me arrumei rapidamente e saí do salão às 18h12min correndo com o carro e chegando na igreja às 18h25min.

O casamento:

  • Cerimônia – últimos detalhes antes de iniciar: a tia da noiva que fez os doces, lembrancinhas, buquê, flores de lapela, foi incansável (além de uma simpatia) e me ajudou a preparar todos os padrinhos. A igreja estava linda, mas um detalhe que os noivos não queriam não conseguimos evitar: o telão. Solicitamos a igreja para retirar e disseram que fariam o possível, mas não conseguiram tirar e nem recolher o material.
  • Cerimônia – entrada da noiva: após todos os cortejos que antecedem a noiva ela chega no local lindíssima e muito nervosa (aquele nervosismo bom). Ela estava lindíssima, radiante e muito emocionada. A cerimônia foi breve e muito bonita. Quando terminou, os noivos tiraram as fotos juntos enquanto os convidados foram para o salão de festa (sim, já estava tudo pronto!!! às 19h15min a Fernanda fala comigo por telefone e me diz que tudo estava ok e lindo, inclusive ela já estava arrumada. Ufah!)
  • A festa – entrada dos noivos: A entrada dos noivos foi realizada com as madrinhas na entrada jogando pétalas de rosas, numa linda recepção, além, claro, dos pais dos noivos que estavam aguardando com todo o carinho.
  • A festa – fotos e jantar: as fotos foram realizadas nas mesas dos convidados, antes a Fernanda e eu passamos nas mesas avisando os convidados que os noivos iriam nas mesas receber os cumprimentos e tirar fotos. Quando estávamos quase na metade das fotos, vimos que atrasaríamos o cronograma do jantar em 15 minutos se continuássemos com o nosso roteiro, por isso conversamos com os noivos, que também não queriam deixar os convidados com aguardando (apesar de termos providenciado canapés nas mesas), para iniciarmos a servir a entrada para aquelas mesas que já haviam  passado e eles concordaram. Dessa forma, o serviço andou conforme o previsto com apenas um pequeno atraso na sobremesa, mas que os convidados não perceberam.
  • A festa – término do jantar: após a sobremesa, os noivos agradeceram a todos, partiram o bolo e fizeram a sua dança para em seguida abrir a festa.
  • A hora do buquê: esse momento tão esperado pelas convidadas solteiras foi muito divertido, pois o noivo também participou do momento. A noiva iniciou jogando o tradicional buquê e em seguida o noivo jogou o sapo para as mulheres. Além disso, a noiva escolheu mais 3 casais e entregou um buquê para cada com uma mensagens diferentes desejando que em breve eles pudessem ter o seu casamento.

Final da festa – desmontagem:

A festa foi bem animada indo até às 4h e só terminou porque era o horário limite do evento. Após a saída dos noivos que foram, por volta das 4h30min, para a lua de mel no Hotel Blue Tree Millenium, iniciamos (Fernanda e eu) a desmontagem. No momento que estávamos saindo do local, um pequeno acidente acontece com o dono do buffet, a árvore francesa utilizada na decoração para as lembranças caiu em sua cabeça deixando um corte na testa. Ainda bem que nós duas sempre temos um kit de primeiros socorros nas nossas maletas e por isso, conseguimos fazer um curativo.

Quando estávamos no carro voltando para a casa já era dia (6h) e, como tudo ocorreu bem, conseguíamos rir dos imprevistos que resolvemos. No final tudo deu certo, e mais uma vez conseguimos proporcionar aos noivos e aos convidados um dia especial e feliz.

 

Ficha técnica:

Cerimonialistas: Lidia Fraga e Fernanda Bugs

Igreja: Comunidade Evangélica Luterana Concórdia

Local da Recepção e buffet: Três Figueiras Tênis Clube

Sonorização e iluminação: Marksom

DJ: Anderson Amador

Decoração: Rosart’s

Locação de plantas: Ornamentali

Fotos: JA Produções (João Alves)

Dia da Noiva: Estética Vitallity

Bolo: Lis Fonseca

Locação de carro e Motorista: Rogério Santana

Locação de estofados e sousplat: Locare

Noite de Núpcias: Blu Tree Millenium


Read Full Post »

O estilo informal em um casamento é muito interessante, pois deixam os convidados bem a vontades tornando um evento muito agradável. Neste sábado, ajudei a minha amiga Fernanda Romagnoli a realizar este grande sonho do casamento com um almoço seguido de festa.

A ideia dela e de seu marido Gilson era realizar uma comemoração para 120 pessoas, sem cerimônia, sem frescura, uma festa para comemorar com familiares e os amigos de maneira bem informal. Os noivos foram ousados em  realizar o evento às 12h30min do dia  01/05 e muito felizes com a ideia da informalidade. Veja abaixo algumas ideias que realizamos para tornar este sonho em realidade.

A escolha do cardápio: como bons gaúchos escolheram servir um churrasco. Para isso montamos duas ilhas de buffet, para evitar a tão indesejada fila, com saladas, arroz e o churrasco servido em rechaudts. Antes de iniciar o almoço, quando os convidados estavam chegando foram servidos petiscos como pão temperado e linguiça.

Mesa de Doces: a noiva é da cidade de Pelotas/RS, onde há a tradição dos doces de origem portuguesa e por isso, não poderia faltar na festa. Além disso, combinaram perfeitamente com o estilo informal e rústico do espaço e da decoração. Como não se tinha muito espaço no salão, também preparamos este local para tirar fotos dos noivos com os convidados.

Bolo de casamento: ficou junto com a mesa de doces. O bolo foi servido como  sobremesa logo após o almoço. Os noivinhos também tinham todo um charme, pois eram com a cara dos noivos.

A cerimônia: a proposta dos noivos era apenas a comemoração, sem cerimônia religiosa ou civil no almoço. Com isso, eles estavam desde o início da festa recebendo os convidados, o que foi muito simpático. Além disso, quando os convidados chegavam já parabenizavam os noivos e tiravam uma foto.

Como não havia cerimônia, sugeri que houvesse um agradecimento seguido de um brinde com cerveja (cerveja sim). Após este momento, os noivos dançaram 2o segundos de uma valsa que emendou em um belo samba de gafieira que animou todos os presentes iniciando a festa.  

O buquê da noiva: uma das grandes atrações é o buquê, que normalmente a noiva deve ter dois: um para jogar e outro para usar. Mas uma dos novidades nas festas de casamento e que foi escolhida pela Fernanda é a de jogar um sapo (de pelúcia), pois a “esperança” é que vire um príncipe.

 

Mesa dos noivos: as mesas dos convidados não eram marcadas, apenas as dos noivos que eram diferenciadas porque haviam mais flores e arranjos diferentes e um porta-retrato com as fotos dos noivos.

 

 

Decoração: com a proposta do rústico, foi usado flores como gérberas, do campo e astromélias nas cores laranja e vermelha. Outro detalhe importante da decoração que deu um charme especial é o acabamento no guardanapo que foi dobrado como envelope envolvendo os talheres  e com o acabamento de uma fita dourada e um ramo de alecrim (que dá sorte para o casamento).  

 

 

Ao lado a  foto dos noivos as organizadoras do evento: eu e Fernanda Bugs.

Fotos: João Alves

Read Full Post »

Older Posts »